geral@ibap.com

  95-621-1781

NEWSLETTER

Definição das Áreas Protegidas


Áreas Protegidas são áreas normalmente classificadas por Decreto com objetivo de salvaguardar determinados ecossistemas assim como as populações de animais e vegetais que nela abrigam, a sua diversidade ecológica bem como o de promover a sua utilização social e económica durável.


As Áreas Protegidas da Guiné-Bissau

  • Reserva de Biosfera do Arquipélago Bolama Bijagós
  • Área Marinha Protegida Comunitária das Ilhas de Urok
  • Parque Nacional Cantanhez
  • Parque Nacional Marinho João Vieira e Poilão
  • Parque Nacional das Ilhas de Orango
  • Parque Natural das Lagoas de Cufada
  • Parque Natural dos Mangais (“Tarrafes”) de Cacheu
  • Complexo Dulombi, Boé e Tchetche (DBT)

Sistema Nacional de Áreas Protegidas (SNAP)


Atualmente, o Sistema Nacional de Áreas Protegidas (SNAP) cobre uma superficie total de cerca de 470.000 ha, ou seja, cerca de 15% do Território Nacional, encontrando-se sob a responsabilidade administrativa do Instituto da Biodiversidade e das Áreas Protegidas (lBAP). Dois terços da superfície protegida correspondem a espaços marinhos ou estuarinos.


As Áreas Marinhas Protegidas e as zonas de pesca regulamentada estão no centro das preocupações do IBAP e de outras instituições da sub-região, agrupadas no âmbito de uma Parceria Regional de Conservação da Zona Costeira e Marinha na África Ocidental (PRCM). Estas áreas desempenham um papel central na reprodução e regeneração dos stocks de peixes, camarões e moluscos, garantindo a sustentabilidade da exploração destes recursos estratégicos.


A Rede das Áreas Protegidas da Guiné-Bissau conta atualmente com seis Parques Marinhos e Costeiros, estando em curso o processo de expansão para 26,3% do território nacional através do "Projeto de Apoio a Consolidação de um Sistema de Áreas Portegidas na Faixa Florestal da Guiné-Bissau", que visa à criação de cinco novas Áreas Protegidas, no complexo Dulombi, Boé e Tchetche, (DBT). Estas novas áreas a serem criadas, conservam valores da biodiversidade de importância rara, como por exemplo, os chimpanzés e as florestas guineenses sub-húmidas, com elevados potenciais de desenvolvimento, nomeadamente no sector de turismo (ecoturismo).


 

Documentos e fotos relacionados


Photo
Parque Nacional Marinho João Vieira e Poilão
Photo
Parque Nacional das Ilhas de Orango

Photo
Parque Natural dos Tarrafes de Cacheu
Photo
Parque Natural das Lagoas de Cufada

Photo
Reserva de Biosfera do Arquipélago Bolama Bijagós

Photo
Parque Nacional de Cantanhez
Photo
Área Marinha Protegida

Comunitária das Ilhas de Urok

Photo
Swimming Pool

There are many variations of passages of Lorem Ipsum available, but the majority have suffered alteration.

Photo
Swimming Pool

There are many variations of passages of Lorem Ipsum available, but the majority have suffered alteration.

Top