A GUINÉ-BISSAU É CONTEMPLADA NO FILME SOBRE O LUC HOFFMAN

A Guiné-Bissau é beneficiária de importantes financiamentos provenientes da ``MAVA, Fundação para a Natureza´´ que são aplicados em trabalhos de conservação e gestão sustentável da biodiversidade no país.

 Esta fundação é de direito suíço e foi criada em 1986 pela iniciativa do Dr. Luc Hoffmann e de várias organizações internacionais dedicadas à pesquisa e conservação da natureza. Sua missão consiste em apoiar a conservação, valorização e promoção do Banco de Arguim, parque considerado modelo de gestão para a Eco Região e para outros ecossistemas litorais críticos oeste africanos, que promovem desenvolvimento harmonioso e sustentável.

Está em curso a produção de um filme em homenagem ao Dr. Luc Hoffmann e no qual a Guiné-Bissau está contemplada em matéria da gestão sustentável dos recursos biológicos. Para o efeito, esteve no Arquipélago dos Bijagós de 20 a 23 do mês de Setembro findo, uma equipe de técnicos cinematográficos que filmaram os parques e algumas das suas espécies emblemáticas.

O principal objetivo deste trabalho é de demonstrar a importante contribuição que o Dr. Luc Hoffmann teve no que tange a conservação da biodiversidade ao nível mundial, um legado que deve ser seguido por todos. Esta equipa deve voltar a filmar na Guiné-Bissau em Dezembro, seguido de Mauritânia.